EUA confirmam apoio à candidatura do Brasil à OCDE

EUA confirmam apoio à candidatura do Brasil à OCDE

- in Últimas Notícias
0
Comentários desativados em EUA confirmam apoio à candidatura do Brasil à OCDE

Formalização de apoio é clara mudança de postura dos Estados Unidos e foi promessa de Trump a Bolsonaro. Processo de adesão de seis novos membros é, porém, postergado pela organização.

    
Angel GurríaGurría: “Nada está bloqueado. Temos 36 países-membros e todos precisam tomar suas decisões”

Os Estados Unidos confirmaram nesta quinta-feira (23/05) seu apoio ao ingresso do Brasil na OCDE, durante reunião ministerial da organização em Paris, anunciaram o Itamaraty e a Embaixada dos EUA em Brasília.

A formalização do apoio é uma clara mudança de postura e havia sido prometida pelo presidente dos EUA, Donald Trump, ao presidente Jair Bolsonaro durante a visita deste a Washington, em 19 de março.

O apoio dos EUA não significa adesão automática, pois os demais 35 países-membros também precisam se manifestar. Além disso, a adesão se dá ao final de um processo que costuma levar de dois a cinco anos.

A agência de notícias francesa AFP noticiou que o processo de ampliação da OCDE foi postergado pelos atuais países-membros, mas o secretário-geral da OCDE, Ángel Gurría, disse que “nada está bloqueado”. “Temos 36 países-membros e todos eles precisam tomar suas decisões”, ressaltou.

Um diplomata declarou à AFP que os países-membros debatem qual seria o propósito de ampliar a OCDE antes de iniciar a aceitação de novos membros no grupo, que é dedicado à promoção da democracia e do livre mercado.

Gurría não quis confirmar que os Estados Unidos intervieram em favor do Brasil durante a reunião ministerial e disse que a questão é outra. “A questão é como esse apoio político se traduz em instruções específicas” aos representantes americanos que negociam na OCDE e qual é a posição dos outros 35 membros da organização, ponderou.

Ele aludiu a outros gestos de apoio dos Estados Unidos em relação a candidatos latino-americanos, notadamente a Argentina, e, em relação à ampliação, disse que “o que aconteceu agora é que há novos acontecimentos, nova informação”. “Tendo em conta esses acontecimentos e essa informação, estamos iniciando as discussões de novo e tratando de mover a agenda”, comentou.

Seis países são candidatos a entrar na OCDE: três latino-americanos (Argentina, Brasil e Peru) e três europeus (Bulgária, Croácia e Romênia). No ano passado, Colômbia e Lituânia ingressaram na OCDE.

Segundo Gurría, a OCDE esteve próxima de iniciar os processos de adesão de Argentina e Romênia durante a cúpula do G20 em Buenos Aires, no fim de 2018.

AS/afp/efe

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo

You may also like

Congresso da ANGE acontece no início do mês que vem em Goiania/GO

 Agora só faltam 20 dias para o início do XXXIV Congresso